quarta-feira, 14 de fevereiro de 2007

História - Marilene

Fig. 1. A Queda da Bastilha



E aí pessoal, bora dar uma olhada na matéria de História? Então saca só. A professora falou que vai começar a matéria "de trás pra frente", começando da Era Contemporânea e indo até a Medieval. A Era Contemporânea (que vai da Revolução Francesa até os dias atuais) a gente só viu pelas metades, até a Era Vargas (no que diz respeito ao Brasil) e a Crise de 29 (no geral), então é bom quem não sabe muito dos acontecimentos dos séculos XIII, XIX e XX começar a estudar, porquê embora a matéria seja a mais legal de estudar (bem, eu acho ela a mais legal =P) tem partes que são fodas.

A professora ainda não passou muita coisa, só deu uma revisão na aula dela de terça (para a 300), onde a gente falou da Revolução Francesa. Sobre a Revolução Francesa a gente já sabe um monte de coisa, afinal de contas estudamos isso desde a 8ª série sem parar, então ela não é assim tããão assustadora, é até fácil de entender. Vou postar um resumo aqui depois (pô, esse blog é mó legal, enquanto tô escrevendo isso aqui também tô estudando, e nem parece. Como é muito legal, recomendo que você também deveria colaborar, então manda logo um e-mail pro diogo.com pedindo pra postar aqui também!).


O dever que a Marilene passou foi esse aqui (já coloquei a definição dos caras, não pra que tu cole descaradamente do meu dever, mas pra que possa estudar):


ATIVIDADE DE A a Z


A. Luís XVI: Rei da França na época da Revolução.

B. Assembléia Nacional Constituinte: Incumbida de escrever a Constituição que limitaria os poderes do Rei Luís XVI, a Nacional Constituinte também fez a Declaração dos Direitos do Homem e do Cidadão.

C. Declaração dos Direitos do Homem e do Cidadão: Declaração feita pela Assembléia Nacional Constituinte inspirada na Revolução Americana (1776) que proclamava os direitos fundamentais (na visão da burguesia, claro) do homem.

D. Grande Medo: Época de perseguição aos nobres franceses, com ataques a castelos e aldeias. Mó sinistro.

E. Bastilha: Prisão onde estavam os inimigos do Rei francês (e era o símbolo de seu poder também).

F. Monarquia Constitucional: Foi a época em que Luís XVI promulgou, sob pressão popular, a Declaração dos Direitos do Homem e do Cidadão e os primeiros artigos elaborados da Constituição, e passou a governar com seus poderes limitados pelas leis.

G. Guilhotina: Seguinte, o Rei precisava de um instrumento eficiente para matar seus inimigos em praça pública sem deixar os coitados sofrendo (afinal de contas, não é porquê o Rei mata todo mundo e tortura pessoas na Bastilha que ele não tem coração…). Então a guilhotina foi criada por Joseph-Ignace Guillotin, um médico francês, para esse fim.

H. Constituição: A Constituição limita o poder dos governantes do Estado. É conhecida como a Lei das Leis.

I. Jacobinos: Os jacobinos era um partido político francês bem radical, liderado por Robespierre (na verdade, no início era por Danton, mas o pessoal achou que ele tava sendo muito fraco e botou ele pra correr).

J. Girondinos: Os girondinos, liderados por Brissot, era também um partido político francês, só que, ao contrário dos jacobinos, esses defendiam mudanças menos radicais na política do país.

L. Planície: Outro partido político francês. Esse ficava “em cima do muro”, não sendo nem radical nem conservador.

M. Terror: Época no governo jacobino de perseguição aos girondinos (opositores do partido jacobino) e a todos aqueles considerados “inimigos do Estado”;

N. Diretório: Novo governo francês, que substituiu o governo jacobino, e deu o poder à alta-burguesia. Foi responsável por elaborar uma nova constituição para a França.

O. Consulado: Cara, não tenho muita certeza, mas acho que é quando Napoleão assumiu o governo da França como cônsul. Ok, o Google disse que é isso mesmo, então tá certo!

P. Código Civil: Código feito por Napoleão que abordava questões sobre o registro civil e a propriedade. Foi um modo encontrado por ele para satisfazer a burguesia.

Q. 18 de Brumário: Golpe que instituiu Napoleão como ditador da França.

R. Guerras Napoleônicas: Guerras ocasionadas pela política expansionista de Napoleão, que governava autoritariamente e de forma quase imperial, o que não satisfazia a burguesia e a indispunha com o ditador. Foi um conflito entre várias nações da Europa, que se opuseram a Napoleão

S. Exílio: Em 15 de outubro de 1815 Napoleão Bonaparte foi preso e então exilado na Ilha de Santa Helena pelos britânicos.

T. Governo dos Cem Dias: Após retomar o poder na França, voltando de seu Exílio, Napoleão governa por cem dias, sendo derrotado logo depois pelos ingleses na Batalha de Waterloo.

U. Congresso de Viena: Conferência entre os principais embaixadores dos países europeus para re-dividir o mapa político da Europa após a derrota de Napoleão.

V. Bloqueio Continental*: Imposição comercial de Napoleão aos outros países da Europa. Ele declarou que todo o país que mantivesse relações comerciais com a Inglaterra, então inimiga maior da França, estaria declarando guerra ao Império Francês. Isso foi um erro de Napoleão, porquê a França, que acabara de ter sua Revolução Industrial, não tinha condições de produzir tudo o que o mercado europeu necessitava, sendo que muitos países desobedeceram o decreto secretamente e comerciaram com a Inglaterra.

X. Burguesia*: Classe comercial que, na França, chegou ao poder com a Revolução Francesa. Antigamente era uma classe social desprivilegiada e desprezada por nobres, clero e artesãos.

Z. Era Napoleônica*: Período de governo de Napoleão, que compreende o Consulado, o Império e o Governo dos Cem Dias.


* "Bloqueio Continental", "Burguesia" e "Era Napoleônica" estão fora de ordem, mas foi a própria Marilene que distribuiu os

temas assim, então nem mexi em nenhum.



Pessoal, em resumo é isso. Vocês podem encontrar mais informações na Wikipédia, no endereço http://pt.wikipedia.org.


Té mais! =)

2 comentários:

Diogo disse...

ótimo post furby

adorei
principalmente pq eu ainda nao fiz esse dever
ueaheaiuaeh
muito obrigado, sua presença engrandece nosso blog feliz

lidinha_eller disse...

Se vcs não conseguem fazer o dever de História ou enguiçaram em alguma palavra....
Seus problemas acabaram!!!!
Chegou o revolucionário post do Edu Furbino!!!!